menu

×
Faça sua reserva

Traçar Rota até o Hotel

A Região

Ibiúna é um dos 29 municípios paulistas considerados "estâncias turísticas" pelo estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por lei estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do estado para a promoção do turismo regional. O município também adquire o direito de agregar, junto a seu nome, o título de "estância turística", termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.


HISTÓRIA

A cidade foi colonizada por portugueses, italianos, japoneses e árabes. Surgiu a partir de uma fazenda que tinha como ponto central uma capela onde hoje se encontra a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores.

Foi sede, em 1968, do XXX Congresso da União Nacional dos Estudantes, que resultou na prisão de 719 estudantes.

A antiga prefeitura, que funcionava no prédio onde funcionou a Telesp, foi construída onde fora, outrora, antigo cemitério. À época da construção, o cemitério foi aterrado. Moradores antigos contam episódios de crânios e restos humanos espalhados pelo centro da cidade, nos anos 1970.